Avançar para o conteúdo principal

Saúde acima de tudo!

Neste momento encontro-me numa fase em que, acima de tudo, quero zelar pela minha saúde.

Para isso, vou ao ginásio com uma frequência aceitável (e como costumo dizer, não me interessa ir lá fazer coceguinhas ao corpo... para isso ficar sentada no sofá é mais confortável) e tento ter uma alimentação o mais saudável possível.

Em busca da alimentação mais adequada para mim, tenho lido muito sobre vários tipos de alimentação, sigo nas redes sociais várias pessoas que praticam vários tipos de alimentação, etc.
O certo é que retiro ensinamentos de todos... mas a regra mais importante é dizer não aos alimentos processados, tentar sempre fazer comida fresca com alimentos frescos é o que mais resulta comigo.

Essa regra vem, essencialmente, do regime paleo. O problema deste regime é que restringe muito os alimentos.
Não podes comer hidratos de carbono porque.... Não podes comer leguminosas porque... Não podes comer....
Resumindo, podes comer proteína e gordura (eu sei que esta é uma visão muito limitada do que é o paleo) e pouco mais.

Ora, com isso eu não concordo! Ok, legumes e fruta têm hidratos de carbono... mas será que vem um mal tão grande ao mundo se eu comer um pouco de arroz integral para complementar a minha refeição? Bom, não vou falar pelos outros.... mas a mim não vem! Aliás, fico muito mais satisfeita nas refeições em que tenho essa porção no prato.

Tudo isto para dizer que já falei sobre este assunto com um instrutor do ginásio (apanhou-me num grupo de alimentação paleo no facebook e não descansou enquanto não veio falar comigo) e ele concorda comigo. Comer de tudo um pouco, ouvindo o nosso corpo.

Ora, ontem durante o meu treino ele estava a ser PT de uma rapariga que eu sei que pratica paleo. A certa altura ouço a seguinte conversa:
PT - O que vais comer depois do treino?
Ela - Proteína....
PT - E hidratos de carbono?
Ela - ... e papas de aveia com fruta.
PT - Se eu sei que não comes hidratos de carbono chateio-me a sério contigo!

Ao ouvir esta conversa não consegui evitar um sorriso... porque lá está, já falei com ele sobre esse tipo de alimentação e sei que ele é contra. Por isso imagino o quanto ele não a deve chatear com isso!

Comentários

  1. Eu também não sou muito apologista de tudo o que são dietas muito restritivas. Sou adepta da variedade, acima de tudo.

    Existem algumas teorias que alguns atletas seguem, que defendem que podes habituar o teu corpo a ir buscar energia à gordura e não aos hidratos. É um processo longo porque estás a obrigar o teu corpo a mudar a sua forma de funcionar, mas há quem diga que resulta. É muito polémico... Eu prefiro continuar a ir buscar a minha energia aos hidratos e não abdico deles :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu considero que não deves cortar nem numa coisa nem na outra. Ambas se devem complementar e deve-se escolher tanto gorduras como hidratos de boa qualidade.

      Desde que sou adulta que as análises acusam colesterol alto. Durante anos e anos, cortei imenso nas gorduras (recomendações médicas) sem qualquer sucesso. A única altura em que tive o colesterol com valores aceitáveis foi quando fiz uma alimentação sem qualquer cuidado (basicamente andava com o apetite no minimo e essa era a forma de ir comendo qualquer coisa).
      Nunca pensei muito no porquê de isso ter acontecido mas agora começo a achar que poderá ter a ver com a ingestão de gorduras. Ainda não fiz análises desde que tenho implementado estas mudanças... tenho de fazer para verificar se houve alguma alteração.

      Eliminar
  2. Eu estou num grupo paleo e nunca ouvi para não comer hidratos mas sim para preferir arroz selvagem ou vaporizado e batata doce mas para quem quer perder peso deve retirar.
    Mas retiram leguminosas (grão e feijão) que acho drástico...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. mas olha que a base do paleo diz para eliminar os hidratos de carbono.

      Exemplos:
      https://ultimatepaleoguide.com/paleo-diet-food-list/#
      http://www.paleoflip.com/paleo-diet-basics/
      http://paleoxxi.com/a-evitar/

      Eliminar
    2. http://paleoxxi.com/a-evitar/

      A evitar mas não cortar, lê e falam aqui de produtos aioritariamente processados, que arroz é OK mas depende da quantidade e do objectivo. Neste grupo acho que eles apelam ao bom senso e ao equilíbrio como em qualquer dieta. Só retiram/desaconselham alguns produtos, ou informam o que se deve consumir em moderação...
      Acho que como em tudo é uma questão de equilíbrio apesar de haver certos alimentos que estou mesmo a retirar (nomeadamente leite e derivados)

      Eliminar
    3. Eu sigo este grupo no facebook e eles são mais moderados que o paleo na sua forma original.

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Hoje escrevo-vos com o coração

[e publico para o mundo inteiro ver... porque há coisas que o mundo não precisa de saber mas há outras que preciso tirar de dentro do peito]

Há 4 anos atrás descobri que vinha sendo enganada pela pessoa que amava. Durante uns dias hesitei mas acabei por tomar a decisão mais dificil que alguma vez tomei: decidi que não queria mais aquela pessoa na minha vida. 
Psicologicamente estava de rastos... só eu sei o que passei, nesse último ano, nas mãos da pessoa que me tinha feito promessas vãs.

Das últimas conversas que tivemos ele disse-me que iria apagar o seu perfil de Facebook. Para eu não achar estranho... que essa decisão nada tinha a ver comigo, que era ele que precisava de o fazer apenas por si próprio.
[sim, eu lembro-me dessa conversa como se tivesse acontecido há 2 minutos atrás.... o raio da memória nesse tempo ainda era grande, enorme. 
hoje em dia é uma titica e quase não me lembro do que fiz hoje de manhã]

Tudo muito certo até eu descobrir, meses mais tarde, que quando ele me disse…

Acho que preciso esclarecer

A quem não convive comigo diariamente... Não me interpretem mal!

Eu segui e sigo em frente todos os dias. A pessoa a quem me refiro no post anterior é passado e não possuo qualquer sentimento por ele... nem sequer ódio.
As recordações do tempo que passamos juntos são-me completamente inócuas. Foram vivências e apenas isso.

A irritação que vos transmiti... eu diria que acontece de ano a ano e, lá está, apenas porque sinto que há ali um poder sobre mim. E se há coisa que eu não gosto é que tenham poder sobre a minha pessoa.

[eu sei que pareço calminha e, por vezes, até submissa.... mas é algo que não sou mesmo!]

Ia chamar este post de "homossexualidade" mas o que vou escrever é mais abrangente que isso

Acabei de ver o excerto do vídeo em que 2 jogadores do Sevilha, ao celebrarem a sua vitória contra o Benfica, se beijam.

Não sei se são heterossexuais, homossexuais ou bi e sinceramente não me interessa particularmente qual a sexualidade de duas pessoas sobre as quais nunca tinha ouvido falar a não ser há umas horas atrás.
Mas já que vou opinar, não me pareceu que aquele beijo que tenha sido algo "novo" entre eles... foi um beijo de quem se beija dessa forma, ou seja, não houve aquele momento surpresa. Sendo que isso não quer dizer absolutamente nada quanto à sexualidade de ambos.

E agora voltando ao que me levou a pensar escrever este texto.
Lembro-me de, não há muito tempo, ter visto uma notícia que divulgava o primeiro jogador de futebol a assumir-se como homossexual. Penso que ele era alemão... ou então jogava num clube alemão, já não sei muito bem. Lembro-me que nessa altura pensei que ele não poderia ser o único homossexual nesse meio. O problema é que o futebol é um d…